PL confirma cancelamento do ato de filiação de Bolsonaro


A filiação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao Partido Liberal (PL) foi adiada após comum acordo entre ambos, confirmou uma nota divulgada pelo partido neste domingo (14). Pouco depois de a CNN publicar o documento, o PL divulgou uma nova nota reiterando a alteração do cronograma. (continue lendo apos as publicidades)

“Após intensa troca de mensagens na madrugada deste domingo 14 com o presidente Jair Bolsonaro, decidimos, em comum acordo, pelo adiamento da anunciada cerimônia de filiação”, afirma a nota assinada pelo presidente do PL, Valdemar da Costa Neto.

“Portanto, a data de 22 de novembro foi cancelada, não havendo, ainda, uma nova data para o compromisso de filiação”, conclui o comunicado.

Antes da divulgação do informe, Bolsonaro havia comentado que “ainda há muito o que conversar” com o partido para cravar um dia para a cerimônia de filiação.

Em Dubai, Bolsonaro confirmou que a nota do PL foi divulgada após combinado com Valdemar Costa Neto. A jornalistas, o presidente disse ser “difícil” viabilizar a filiação para acertar o que chamou de “casamento” com a sigla, e afirmou ainda ter “muita coisa a conversar” antes do ato de filiação.

De acordo com o presidente, é necessário alinhar pautas “conservadoras, nas questões de interesse nacional, na política em relação ao exterior, na questão de defesa também” que, segundo ele, estão caminhando bem até o momento.

“É um casamento que precisa ser perfeito. Se não for 100%, que seja 99%. É essa a ideia. É isso que o povo espera de todos nós”, afirmou. “Eu acho difícil essa data de 22 [de novembro]. Estamos conversados de comum acordo que podemos atrasar esse casamento um pouco pra que ele não comece sendo muito igual aos outros”, disse Bolsonaro.

Um dos requisitos citados por Bolsonaro para cravar a filiação é o partido não apoiar “alguém do PSDB” nas eleições em São Paulo, onde ele afirmou não ter candidato ainda – apesar de ter mencionado o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, como uma possibilidade.

“Sabemos da importância de termos duas bancadas na Câmara e no Senado. Mas também de fechar com governadores que possam ser diferentes de muitos que estão aí no momento”, disse o presidente.

*Com informações de Giovanna Galvani, da CNN


LEIA TAMBEM E COMPARTILHE:




Rui Costa e sua comitiva bateram com a cara no portão ao visitar ginásio de esportes em Santo Antônio de Jesus

Vereador Adeilson Rodrigues participa de Eventos no Município de Canarana Bahia

Canarana está entre as 85 cidades da Bahia que aplicaram 4 mil doses interditadas de vacina CoronaVac; Veja lista

Canarana ficou fora da entrega de 372 títulos de terra pelo Governo estadual a agricultores do Território de Irecê

CANARANA: Dos Dez Candidatos a Vereadores pelo PP, Sete tiveram suas contas desaprovadas nas Eleições 2020

A Produção de Melancia em Canarana poderá ultrapassar 50 toneladas por hectare

CANARANA: PT terá que devolver todo o dinheiro do Fundo Especial de Financiamento de Campanha - FEFC, ao Erário

SALOBRO: Cadeirantes tem dificuldades de acesso ao Posto dos Correios do Distrito de Canarana Bahia

Postar um comentário

0 Comentários