FEMINICÍDIO: DIZ QUE TIRO QUE MATOU A COMPANHEIRA FOI ACIDENTAL

Acusado de matar a companheira diz que disparo foi acidental. O crime ocorreu no dia 23 de dezembro de 2016. Hélio Santos Sousa, vulgo Da Lua, foi preso após denúncia anônima. Ele portava um revólver municiado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE *******************************

Postagens Relacionadas

LIXO HOSPITALAR EM UNIDADES DE SAÚDE http://youtu.be/LVZJDkQB6q0
FRIO E SEM REMORSO: HOMEM CONTA COMO MATOU A ESPOS... http://youtu.be/OGQlnOWKjlU Com exclusividade para o Blitz, Evandro Soares Carvalho, acusado de ter estrangulado e matado a esposa, conta como comete...

Você pode gostar...